A Arte de Ter Razão

“Provocar raiva no adversário, pois tendo raiva, ele não estará em posição de julgar corretamente nem de perceber a própria vantagem. Para deixá-lo com raiva é preciso ser injusto com ele, de modo declarado, atormentando-o e comportando-se, em geral, com impudência.”
Arthur Schopenhauer, estratagema 8

Uma comédia muito livremente inspirada na obra de Schopenhauer.

Um(a) professor(a) de literatura e um(a) ativista ecológico(a), vizinhos de corredor em um pequeno prédio da Zona Sul carioca, desentendem-se sobre o destino do lixo. Uma assembléia do condomínio é convocada. Os debatedores se preparam. Estratagemas são desavergonhadamente esgrimidos. Com quem está a verdade? Quem será declarado vencedor? O prazer da disputa toma a frente da razão, expondo o instável equilíbrio das relações cotidianas.

Elenco:
Helena Varvaki – professora de literatura e ativista ecológica
Isaac Bernat – professor de literatura e ativista ecológico
Thais Tedesco / Flávio Souza – professor(a) de literatura e ativista ecológico(a)

Texto: Manoel Prazeres
Direção: Vitor Lemos